São Paulo e Rio de Janeiro recebem no dia 8 e 10 de agosto, respectivamente, workshops com o tema Nova Zelândia: Oportunidades da Indústria Audiovisual, sobre os benefícios e desafios do processo e experiências de filmagem e produção em solo neozelandês. O evento é organizado pelo Latin American Training Center-LATC e promovido pela Embaixada da Nova Zelândia no Brasil, o Sindicato da Indústria Audiovisual, o Sindicato da Indústria Audiovisual do Estado de São Paulo e o Sebrae. A ANCINE também apoia e participa dos eventos.

Voltados para profissionais da área, os eventos discutem aspectos das leis neozelandesas de incentivos, filmagens em locação, e as vantagens dessas possibilidades. A representante da Embaixada, Jannine McCabe, apresentará a indústria audiovisual do país, incluindo informações sobre incentivos, legislação e estrutura. Segundo McCabe, a Nova Zelândia tem se tornado um importante polo para a produção mundial de filmes. “O país conta com tecnologia de ponta, profissionais talentosos, estúdios internacionalmente reconhecidos e até cursos na área. Todos esses aspectos tornam a coprodução muito atrativa”, afirma.

Além das atividades voltadas para a indústria audiovisual, durante o mês de agosto quatro capitais brasileiras vão receber o Festival de Cinema da Nova Zelândia no Brasil. O Festival ocupará as salas do Itaú Cinemas em São Paulo (03 a 09/08/2017), Rio de Janeiro (10 a 16/08/2017) e Curitiba (17 a 23/08/2017); e o Cine Belas Artes em Belo Horizonte (24 a 30/08/2017). A lista completa de filmes e os horários estão disponíveis em: http://agenciagalo.com/festivalnz/

Abaixo a programação completa dos workshops*:

Workshop Nova Zelândia: Oportunidades da Indústria Audiovisual
São Paulo – 8 de agosto de 2017 –Consulado Geral da Nova Zelândia em São Paulo 
Av. Paulista, 2421, 12º. andar. 
RSVP: nzfestivaldecinema.sao@gmail.com

9:00: Credenciamento, entrega de material didático e equipamento de tradução simultânea.
9:30: Boas-vindas e apresentação.
• Nick Swallow, Cônsul-Geral da Nova Zelândia em São Paulo.
• João Daniel Tikhomiroff, Presidente, SIAESP.
• Jannine McCabe, Embaixada da Nova Zelândia em Brasília.
• ANCINE
• SEBRAE
09:45: Introdução à Indústria Audiovisual da Nova Zelândia: incentivos, legislação e estrutura.
• Jannine McCabe, Embaixada da Nova Zelândia em Brasília.
• Vídeo da Film Commission da Nova Zelândia.
10:15: Sobre o Acordo entre a REBRAFIC-Rede Brasileira de Film Commissions e a SPADA – Screen Production and Development Association of New Zealand/ Associação de Produtores da Nova Zelândia.
• Steve Solot, Diretor Executivo, REBRAFIC.
10:30: Painel 1: Experiências de produção e filmagem na Nova Zelândia.
• Bryn Evans, diretor e produtor de Hip Hop-eration (2014).
• Christopher Pryor, diretor de The Ground We Won (2015).
• Miriam Smith, produtora de The Ground We Won (2015).
• David Schurmann, diretor de “Pequeno Segredo” (2016).
12:00: Painel 2: Benefícios e desafios da coprodução com a Nova Zelândia.
• João Daniel Tikhomiroff, Presidente, SIAESP.
• Fernando Dias, BRAVI e Grifa Filmes, diretor da serie “Nova Zelândia Selvagem”.
• Fabio Cesnik, Cesnik, Salinas e Quintino Advogados.
• Denise Machado, Bossa Nova Films.
12:45: Q&A.
13:10: Encerramento.

Workshops Rio de Janeiro – 10 de agosto de 2017
Auditório da FIRJAN, Av. Graça Aranha, 1 – Centro, Rio de Janeiro 13º andar
RSVP: http://latamtrainingcenter.com/cursosclassescursos/workshop-nz/

09:00: Credenciamento, entrega de material didático e equipamento de tradução simultânea
09:30: Boas-vindas e apresentação
• Silvia Rabello, Presidente, SICAV.
• Jannine McCabe, Embaixada da Nova Zelândia em Brasília.
• ANCINE
• SEBRAE
09:45: Introdução a Indústria Audiovisual da NZ: incentivos, legislação e estrutura
• Jannine McCabe, Embaixada da Nova Zelândia em Brasília
• Apresentação de vídeo da New Zealand Film Commission
10:15: Sobre o Acordo entre a REBRAFIC – Rede Brasileira de Film Commissions e a SPADA – Screen Production and Development Association of New Zealand/ Associação de Produtores da Nova Zelândia
• Steve Solot, Diretor Executivo, REBRAFIC.
10:30: Painel 1: Experiências de produção e filmagem na Nova Zelândia
• Bryn Evans, diretor e produtor de Hip Hop-eration (2014)
• Christopher Pryor, diretor de The Ground We Won (2015)
• Miriam Smith, produtora de The Ground We Won (2015)
12:00: Painel 2: Benefícios e desafios da coprodução com a Nova Zelândia
• Leo Edde, Vice-presidente, SICAV.
• Mario Nakamura, Cinerama Brasilis
• Gilberto Toscano, Cesnik, Salinas e Quintino Advogados.
• Paula Barreto, LC Barreto Filmes.
12:45: Q&A
13:10: Encerramento

*Pode sofrer alterações

Nossos parceiros

Assine nossa newsletter

É de graça e você pode se descadastrar a qualquer momento