Parceria com The Incentives Office

LATC firma parceria com a empresa americana ‘The Incentives Office’ para prestar consultoria de incentivos financeiros para produção audiovisual na América Latina

Cidades sem incentivos financeiros reais são descartadas na maioria das vezes por produtores audiovisuais na busca por locações de filmagens. Partindo desta realidade, o LATC, empresa de consultoria e treinamento audiovisual, apresenta a partir deste mês uma parceria com a organização americana “The Incentives Office”, uma das principais do setor de incentivo financeiro audiovisual mundial. Na prática, o acordo oferece serviços especializados que auxiliem governos, film commissions e produtores de cinema a obter – ou conceder – incentivos financeiros e fiscais para produções audiovisuais.

“Nos Estados Unidos, uma produção de televisão gasta aproximadamente US$ 85 mil por dia na locação para uma gravação de 7 a 14 dias para um único episódio. Filmes de longa-metragem normalmente gastam mais de US$ 200 mil por dia, e a média de produções de baixo orçamento e documentários é de US$ 15 mil a US$ 35 mil por dia. Ao lado do ‘The Incentives Office’ iremos, por exemplo, prestar consultoria a cidades e film commissions que queiram atrair investimentos audiovisuais aqui no Brasil”, comenta Steve Solot, presidente do LATC.

Cada vez mais a questão de incentivos fiscais é preponderante na decisão de produtores ao escolher locações para suas filmagens. Estima-se que uma produção no Brasil pode conseguir financiar de 20% a 35% do orçamento total do projeto audiovisual. Por este motivo, grandes estúdios e produções independentes estão cada vez mais contando com o dinheiro incentivado via leis municipais e estaduais para financiar suas produções.

O ‘The Incentives Office’ tem sede em Los Angeles e trabalha com produtores, financiadores e governos com o objetivo de facilitar o processo de incentivos. Para os produtores, a empresa administra todo o processo, incluindo a seleção das locações, análise de créditos fiscais ou reembolsos, disponibilidade de equipes, custos comparativos de locações, infra-estrutura e outras variáveis de produção, e também oferece uma revisão do orçamento de produção junto com o produtor executivo ou diretor de produção para maximizar os incentivos.

A empresa trabalha ainda com governos e film commissions para desenvolver novos incentivos à produção ou para aprimorar programas de incentivos, regulações e legislações, tornando-os mais competitivos. O The Incentives Office também publica o guia Guide to U.S. Production Incentives para a indústria norte-americana a cada trimestre, além de atualizações mensais e alertas freqüentes.

Para mais informações, entre em contato.